domingo, 29 de julho de 2012

PALESTINA NAS OLIMPIADAS 2012: VITÓRIA DE UMA NAÇÃO MASSACRADA!




Os atletas palestinos nos jogos olímpicos de Londres-2102 são embaixadores do seu povo, embaixadores da paz, justiça e liberdade.

Não importam as medalhas, a presença da Palestina representa uma importante vitória. Os atletas embaixadores afirmam para o mundo que a Palestina é uma nação, é um povo, é um território, é uma cultura milenar, é uma causa e que a brutalidade da ocupação e colonização israelense não dobrará de joelhos esse povo altivo, esse povo que luta pelo retorno dos refugiados aos seus lares e propriedades e pelo estabelecimento do seu Estado livre, soberano e independente, com Jerusalém Capital.


video
         Desfile da delegação palestina e o orgulho do judoca Maher Abu 
Rmeileh ao erguer a bandeira 




video
A  atleta Wourud Sawalha : “tenho grande responsabilidade, estou cumprindo uma missão nacional”.  Israel e EUA, a despeito da vontade dos países do mundo, jogam para que a missão de Woroud não seja cumprida.


........................................................................




A vitoriosa delegação palestina nas Olimpíadas de Londres


Delegação palestina nas Olimpíadas de Londres


Por Ana Helena Tavares(*)

O que é mesmo vencer e perder numa Olimpíada? Será que naquela que tantas vezes se define como uma confraternização mundial através do esporte vencer se resume a uma medalha de ouro no peito? Não posso crer.

E a pequena, porém sorridente, delegação palestina, desfilando livre na cerimônia de abertura, onde fica nessa história?

Por que será que a imprensa não lhes dá destaque? Será porque eles não têm chance de medalha ou será porque não estão preocupados com isso?

Já chegam vencedores. A sombra do belicismo daqueles a quem a paz não interessa não foi capaz de lhes deter. Em Londres, o amanhã se apressa.

Clareia-se o sol entre os descendentes dos filisteus. E flâmulas tremulam elevando o nome de uma terra maltratada pelo imperialismo.

Os generais de Israel – e da América fel – se roem. Após lançar tantos fungos danosos à humanidade, cravando de mortes a terra onde Cristo escolheu viver, impedindo o broto de chegar à mocidade, fazendo vidas valerem menos que poder e tapando o sol com balas de canhão.

Mas em Londres, apesar do olhar gélido da rainha, misturam-se cores num mundo de muitos ventos e costura-se a esperança como um jogral.

Sim, lágrimas em Gaza ainda jorram, o mal continua aí. Mas o reconhecimento desse povo como delegação transforma a vida numa possibilidade menos vil.

Faz da noite dama menos prepotente e faz do futuro algo viável de sonhar.

*Ana Helena Tavares é editora do site “Quem tem medo da democracia?”


........................................................................


Atleta palestino faz história ao conquistar índice olímpico

video


O judoca Maher Abu Rmeileh fez história ao se tornar o primeiro atleta palestino a garantir índice para participar dos Jogos Olímpicos, em Londres, entre julho e agosto deste ano. Desde 1996, a Palestina só tinha participado do evento com delegação de esportistas convidados pelo Comitê Olímpico Internacional. Comerciante nos arredores de Jerusalém, o atleta de 28 anos acorda diariamente às 5h para treinar duas horas pela manhã, antes do expediente em uma loja de roupas e bolsas. Após o horário de trabalho, são mais duas horas de treino. Apesar de sonhar com uma medalha de ouro, o lutador carrega consigo um desejo mais imediato: que o Comitê Olímpico Palestino lhe conceda a honra de ser o porta-bandeira da Palestina na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, que acontecerá no próximo dia 27 de julho.



Judoca palestino dribla rivalidade com Israel e será o primeiro do país a competir por mérito


O técnico de Rmeileh, Hani Halabi, que também é o chefe da confederação de judô palestina, diz que não há cooperação entre os países. “A confederação israelense tentou organizar eventos conjuntos várias vezes, mas nós recusamos. Eu não posso pedir que um menino palestino compita contra um israelense enquanto seu pai está na cadeia ou sua casa foi demolida. E ele não pode passar pelos postos de controle”, diz Halabi.




........................................................................


NATAÇÃO


Delegação participa apenas pela quinta vez dos Jogos Olímpicos

video


........................................................................




Palestina nas Olimpíadas de Londres - 2012
A partir da esquerda: 
- Maher Abu Rmeilah, 28 anos, judô,  de Jerusalém - Capital da Palestina -  TPOI -Território Palestino Ocupados por Israel

- Woroud Sawalha, 20 anos, corrida 800 metros, de  Alshemalia - Distrito de Nablus - TPOI 
- Ahmed Gebril, 21 anos, natação 400 metros estilo livre, pais palestinos, nascido no Egito

- Sabine Hazboun, 18 anos, natação 50 metros estilos borboleta e livre, de Belém -TPOI

- Bahha Al Farra, 21 anos, corrida de 400 metros, de Khan Younes - Faixa de Gaza - TPOI


........................................................................




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores: